Pesquise neste Blog

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Moody's coloca rating de Itaú Unibanco, Bradesco e BB em perspectiva negativa


SÃO PAULO -  A agência de classificação de risco Moody's colocou em revisão, com perspectiva negativa, o rating de diversas instituições financeiras brasileiras. Dentre elas estão o Santander Brasil (SANB11), Bradesco (BBDC4), Itaú Unibanco (ITUB4) e Banco do Brasil (BBAS3). Banco Múltiplo - Banco Espírito Santos Investimentos e o HSBC Brasil -, Safra e Votorantim também estão na lista. 
A agência também colocou em perspectiva negativa as operações de diversos bancos no México e seguradoras, totalizando 15 instituições financeiras. Essas mudanças foram baseadas, de acordo com a agência, na diminuição da capacidade dos bancos europeus e norte-americanos em apoiar as operações das subsidiárias da América Latina. 
Além desse fator, a Moody's apontou para o perfil da dívida dos bancos da região, que estão altamente correlacionados com a qualidade de crédito soberano.
Revisão no México
Já no México, os bancos que terão suas notas revisadas serão as subsidiárias do Deutsche Bank, do Bank of America Merril Lynch, Credit Suisse e do Barclays. Os bancos BBVA e Banco Nacional do México completam a lista. 
O anúncio dessa sexta-feira (24) feito pela agência dá continuidade à revisão das notas de vários bancos na Europa e nos Estados Unidos realizados na quarta-feira da última semana (15). Entre elas estão companhias norte-americanas como Bank of America, Citigroup, Goldman Sachs, JPMorgan Chase e Morgan Stanley, assim como os principais bancos franceses, o britânico HSBC e o alemão Deutsche Bank.
Confira a metodologia de notas das principais agências:
S&PMoody´sFitchGrau
AAA
AA+
AA
AA-
A+
A
A-
BBB+
BBB
BBB-
Aaa
Aa1
Aa2
Aa3
A1
A2
A3
Baa1
Baa2
Baa3
AAA
AA+
AA
AA-
A+
A
A-
BBB+
BBB
BBB-
Investimento
BB+
BB
BB-
B+
B
B-
CCC
CC
C
D
Ba1
Ba2
Ba3
B1
B2
B3
Caa
Ca
C
Wr
BB+
BB
BB-
B+
B
B-
CCC
CC
C
D
Especulativo
Postado por: ByLorenzo                                         Fonte: InfoMoney

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Máfia Médica e a Maçonaria De Hipócrates Querem Dominar A Saúde Brasileira


A maçonaria médica corrompe a saúde pública municipal, estadual e federal sucateando o SUS, para depois privatizar os postos e hospitais e industrias estatais atendendo ao lobby dos planos de saúde privada e dos donos de redes de hospitais particulares que querem ganhar bilhões com a doença e a morte da população brasileira.
*capítulo 2° dos direitos sociais:
*artigo 6° - são dos direitos sociais, a educação, a saúde, os trabalho, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade, a  infância,  a assistência aos desamparados, na forma desta constituição da república federativa do brasil.
Máfia-Médica“A Máfia Médica” é o título do livro que custou à doutora Ghislaine Lanctot a sua expulsão do colégio de médicos e a retirada da sua licença para exercer medicina.
Trata-se provavelmente da denuncia, publicada, mais completa, integral, explícita e clara do papel que forma, a nível mundial, o complot formado pelo Sistema Sanitário e pela Industria Farmacêutica.

O livro expõe, por um lado, a errônea concepção da saúde e da enfermidade, que tem a sociedade ocidental moderna, fomentada por esta máfia médica que monopolizou a saúde pública criando o mais lucrativo dos negócios.

Para além de falar sobre a verdadeira natureza das enfermidades, explica como as grandes empresas farmacêuticas controlam não só a investigação, mas também a docência médica, e como se criou um Sistema Sanitário baseado na enfermidade em vez da saúde, que cronifica enfermidades e mantém os cidadãos ignorantes e dependentes dele. O livro é pura artilharia pesada contra todos os medos e mentiras que destroem a nossa saúde e a nossa capacidade de auto-regulação natural, tornando-nos manipuláveis e completamente dependentes do sistema.
Caso queira ler a Entrevista com a Dra: Ghislaine Lanctot sobre Máfia Médica
Por favor queira fazer download do arquivo em PDF.
Link:Dra: Ghislaine Lanctot sobre Máfia Médica em PDF

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

País que era o mais rico do mundo, E.U.A têm ‘Acampamentos da Miséria’


A BBC visitou nos Estados Unidos alguns acampamentos de sem-teto, cada vez mais numerosos no país desde o início da crise econômica que explodiu em 2008. Dados oficiais apontam que cerca de 47 milhões de americanos vivem abaixo da linha pobreza e este número vem aumentando. Atualmente há 13 milhões de desempregados, 3 milhões a mais do que quando Barack Obama foi eleito presidente, em 2008. Algumas estimativas calculam que cerca de 5 mil pessoas se viram obrigadas nos últimos anos a viver em barracas em acampamentos de sem-teto, que se espalharam por 55 cidades americanas. O maior deles é o de Pinella Hope, na Flórida, região mais conhecida por abrigar a Disney World. Uma entidade católica organiza o local e oferece alguns serviços aos habitantes, como máquinas de lavar roupa, computadores e telefones. Muitos acampamentos são organizados e fazem reuniões para distribuição de tarefas comunitárias. Para alguns com poucas perspectivas de encontrar trabalho, as barracas são habitações semi-permanentes.


Mofo
Várias destas pessoas tinham vidas confortáveis típicas de classe média até pouco tempo atrás. Agora deitam sobre travesseiros tão mofados quanto suas cobertas, em um inverno no qual as temperaturas baixam a muitos graus negativos. "Esfregamos literalmente nossos rostos no mofo toda noite na hora de dormir", diz Alana Gehringer, residente de um acampamento no Estado de Michigan, ao programa Panorama da BBC.
A crise leva milhares de sem-teto a passar inverno em barracas
 
O agrupamento de 30 barracas se formou em um bosque à beira de uma estrada, no limite do povoado de Ann Arbor. Não há banheiros, a eletricidade só está disponível na barraca comunitária onde os residentes se reúnem ao redor de uma estufa de madeira para espantar o frio. O gelo se acumula nos tetos das barracas e a chuva frequentemente as invade. Mesmo assim, cada vez pessoas querem morar ali. A polícia, hospitais e albergues públicos ligam com frequência perguntando se podem enviar pessoas ao acampamento. "Na noite passada, por exemplo, recebemos uma ligação dizendo que seis pessoas não tinham vaga no albergue. Recebemos de 9 a 10 telefonemas por noite", diz Brian Durance, um dos organizadores do acampamento. A realidade dos abrigados da Flórida e de Michigan é a mesma em vários lugares. Na segunda-feira, Obama revelou planos de aumentar os impostos sobre os mais ricos. "Queremos que todos tenham uma oportunidade justa." O presidente americano mencionou os que "lutam para entrar na classe média". Em Pinella´s Hope, em Arbor e em outros dezenas de locais no país, além dos que querem entrar na classe média, há os que foram expulsos dela pela crise e que desejam voltar.

Postado por: ByLorenzo                       -      Fonte: BBC

E Mais Pobreza...e o sonho americano virou pesadêlo

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

AGORA É A VEZ DE CRITICAR O "BLOG LIBERTAR" SOBRE DIVULGAR AS FARSAS DA NASA

Vez ou outra acesso o Blog Libertar na esperança de que a qualquer momento ele mude, sua postura em relação as postagens, ele pode até vir aqui e dizer que estou com dor de cotovêlo mais definitivamente o Blog
Libertar está virando uma piada, Divulgando essas pesquisas mentirosas da "NASA" Falida sem mencionar que ele dá um crédito tremendo, ao "Bureau investigation" FBI e seus Lacaios, Ambos departamentos á serviço do Governo Norte Americano onde as suas principais missões é de deserviço, á população mundial e é claro Emburrecer a todos, ao FBI cabe cumprir o papel de empreender a nova inquisição, Á Aqueles que não se curvão diante da tentiva dos E.U de manipular a todos para um dominio completo através da ignorância e medo e violência no estilo mais cruel.
Fica aqui minha indignação face as postagens do "Libertar" que devia correr por outro caminho
O Caminho da honestidade e autênticidade dos fatos, e não se fazer de Link as Farsas e mentiras do Governo Americano dentro do território Brasileiro já tão massacrado pela ignorância e emburrecimento da maioria, dos cidadões Brasileiros. ***Observação.. isso serve de Alerta a outros
Blogs que disseminam o Emburrecimento apenas usei O Libertar como uma realidade em nosso país outros seguem uma linha bem degenerativa da informação correta.

Postado por: ByLorenzo                          -       

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Europa sofre com o Frio Glacial - Onde está os defensores do aquecimento Global?

A Europa sofre com terrivéis nevascas e ondas de frio que chegam 27° Graus negativos vindos da Russia, agora eu Pergunto onde anda a trupe de cientistas, defensores do Aquecimento Global? que explicações eles podem dar?
video
Europe is suffering from terrible blizzards and cold waves that reach minus 27 ° from Russia, now I wonder where is the troupe of scientists, advocates
Global Warming? explanations that they can give?


Европа страдает от страшной метели и холодные волны, которые достигаютминус 27 ° от России, теперь я
Интересно, где труппа ученых, адвокатов
Глобальное потепление? объяснения, что они могут дать?


Europa wird von schrecklichen Schneestürme und Kälte Wellen, die minus 27 °erreichen aus Russland leiden, jetzt habe ich Ich frage mich, wo ist die Truppe von Wissenschaftlern befürwortet Global Warming? Erklärungen, die sie geben kann?

Um homem passa junto a um telefone público congelado, em Kiev, na Ucrânia
                                  Fotografia © Gleb Garanich - Reuters
As temperaturas negativas continuam a matar na europa. Os números de vítimas mortais já ascendem a mais de duas centenas. Em Algumas regiões frio chegou á -50° Graus negativos
A Onda de frio que atingiu a Europa já fez mais de 220 mortos. Na Ucrânia, onde se registaram temperaturas de 32 graus negativos, tem sido o país mais afetado, com 122 pessoas a perderem a vida nos últimos dias, anunciou uma fonte governamental.
Segundo avança o jornal espanhol "El Mundo", mais de 1200 pessoas deram entrada nos hospitais, por congelação, e o governo elevou para 3.000 os locais que oferecem bebidas quentes e comida. Devido às baixas temperaturas, 90% das escolas do país foram encerradas.
Rússia avançou pela primeira vez com os números de mortos no país devido à vaga de frio. Segundo o Ministério da Proteção Civíl, desde Janeiro, já morreram 64 pessoas. Só na noite de ontem, em Moscovo, tiveram de ser internadas 20 pessoas devido às baixas temperaturas.
Polónia registou este sábado a noite mais fria do inverno e contabilizou oito mortos, segundo o Ministério do Interior. Desde o princípio de fevereiro, já tinham morrido 17 pessoas. Em muitas regiões do país a temperatura desceu abaixo dos 30 graus negativos.
Na República Checa, as temperaturas desceram até aos 38,1 graus negativos e o números de vítimas aumentou para nove. Na Letónia, falhas em sistemas de aquecimento e de lareiras mal apagadas provocaram numerosos incêndios.
video