Pesquise neste Blog

terça-feira, 28 de agosto de 2012

McDonald's: Um Cardápio de Escândalos




 E por falar em palhaçada, iremos explorar o Submundo do palhaço Ronald MacDonalds um assunto muito grave de denúncias envolvendo a Empresa de lanches rápidos e impuros (se podemos chamar de lanches) da rede de fast food Mac Donalds e sua cadeia de restaurantes que eu apelidei de Holocaustica fastfood, onde há uma serie de denúncias de maus-tratos a funcionários. De quem é culpa? Em primeiro plano a culpa é do próprio Mac Donalds, e em segundo plano é você consumidor que é displicente e alheio não se perguntando o quanto você tem contribuído para que esta maldita empresa gringa venha aqui escravizar o  já tão sofrido povo brasileiro, quando você entra num desses antros chamados restaurantes com seu filhinho coitado inocente, já se perguntou qual a qualidade de vida está tendo o filho do funcionário com o misero  salário maldito pago pelo Mac Donalds? Não né? Afinal você vai querer sair pela tangente, afirmando nada tem á ver com o Holocausto do pobre funcionário estou certo? Você esta cometendo duplo crime um é contra seu corpo e de seus filhos os envenenando, e o outro delito é alimentar esse maldito sistema que aliás é a cara do MacDonald, poderia simplesmente adotar um hábito saudável, em sua casa preparando você mesmo seu Lanche com as suas crianças, totalmente “clean” e se libertar dessa maldita alimentação plástica e podre do Mac Donalds, aliás se você não se preocupa com a integridade física e boa saúde, é um problema todo seu, mais a questão é que devido a sua insaciável comodidade moderna acaba por criar um sistema injusto, para muitos e graças aos consumidores de Lixo é que continua essa escravidão, em terceiro plano a culpa é dos tais políticos e autoridades e sindicatos de categoria que só resolveu se mexer quando mexeram com  seus “Brios” porque essa situação de escravidão envolvendo o MacDonalds é velha e capenga, caro amigo leitor, de qualquer forma o réu em segunda instância é você se consome esse Lixo do Mac Donalds, estou postando por ser teimoso e não porque acredito em mudanças seja qual o lado seja do consumidor, MacDonalds, ou da má vontade política pois pode observar no vídeo que até a Leci Brandão parece dá palpite nesse assunto. Aliás nem sabia que ela estava envolvida com a escória da política Brasileira, triste heim Leci Brandão!! então como estava dizendo e continuando o assunto, eu sei que vou ser massacrado mais é de praxe que o brasileiro sacrifique á mim e que saia Ileso o MacDonalds, é assim que funciona  aqui no Brasil, nos Estados Unidos da Impunidade da América,  onde quer que tenha uma rede da má alimentação MacDonica vai haver uma multidão, querendo se envenenar, e outros como escravos servindo o cardápio maldito em troco de uns miséros trocados, onde o MacDonalds alega ser um salário justo. Texto de: ByLorenzo                      -             Postado por: ByLorenzo



 

O vídeo, McDonald's: Um Cardápio de Escândalos, produzido pelo Sinthoresp (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços em Geral de Hospedagem, Gastronomia, Alimentação Preparada e Bebida a Varejo de São Paulo e Região) detonou o esquema ilegal de trabalho da maior rede mundial de fast food, o McDonald's. Além dos escândalos retratados no vídeo, nesta quarta-feira (17) organizações de advocacia apresentaram queixas na Comissão de Comércio Federal dos EUA, acusando a rede de fast food McDonald's e outras quatro grande empresas de violarem regras de privacidade infantil online. 

Segundo o Mashable, os advogados dizem que as companhias estariam usando sites destinados a crianças para coletar informações pessoais dos usuários sem o consentimento dos pais ou responsáveis.

Entre as outras acusadas estão Viacom, General Mills, Turner Broadcasting Systems e Doctor's Associates, que detém a marca Subway. Sites relacionados a essas companhias, e ao McDonald's, usariam jogos, serviços e até campanhas de marketing viral para estimular que o público infantil fornecesse informações como endereços de e-mail e até upload de fotos pessoais.

"Nenhuma desta empresas fornece avisos suficientes na hora de coletar endereços de e-mail de crianças", disseram advogados que encaminharam as queixas. "Tais empresas também não fazem qualquer esforço para obter consentimento dos pais quanto à coleta e uso do e-mail das crianças", acrescentaram.

Violação de privacidade

Segundo o grupo, tais práticas violam o Ato de Proteção à Privacidade Infantil Online (Coppa, na sigla em inglês), que limita como as companhias podem coletar e usar informações fornecidas por crianças na internet.
 

Um porta-voz da Nickelodeon, empresa de conteúdo infantil contralada pela Viacom, não quis comentar detalhes da denúncia alegando que a empresa ainda desconhecia a acusação. Entretanto, um representante do site Nick.com disse ao National Journal que o serviço não gravava nem armazenava nenhum dado de endereço de e-mail.

Já a General Mills alegou que o recurso de "enviar para um amigo" não é proibido pelo Coppa, desde que as informações sejam imediatamente excluídas após o envio da mensagem.

As outras companhias ainda não comentaram as acusações.


Da Redação, com agências

Nenhum comentário: