Pesquise neste Blog

terça-feira, 22 de março de 2011

JESSE OWENS, O ATLETA NEGRO QUE HUMILHOU HITLER?

Olá Meus Queridos Leitores(as) Novamente colocaremos em pauta, mais uma História amarga e triste de um personagem... que agora trata-se de um grande Atleta, Negro Norte Americano....Chamado JESSE OWENS, Provavélmente já ouviram falar Dele? Não? então aproveite e descubra como alguns Americanos e Judeus Dizimaram a carreira deste grande Atleta é claro que neste post não contém toda a trajetória e a  História da sua breve carreira,  JESSE OWENS foi encaminhado logo após a volta para casa ao Ostracismo Obrigatório, sendo recebido com tamanha Frieza e indiferença, na sua terra Natal.....Estados Unidos da America por isso não se engane, com essas Histórias de fabulas americanas. sempre ocultando a verdades dos fatos, descubra em suas pesquisas como JESSE OWENS foi reverenciado e muito aplaudido, pelos Alemães inclusive por ADOLF HITLER ao Contrário do que narra a mentirosa e enganativa versão, dos Americanos, toda a História de JESSE OWENS
Pode ser lida neste livro que esta ai na imagem a baixo:

"Um Homem não pode Pretender alcançar certas Verdades, Enquanto conserva dentro de Si certas Mentiras"


______________________________________________________________________________________________________

JESSE OWENS, O ATLETA NEGRO QUE HUMILHOU HITLER?  
(A História Veridica)

De quatro em quatro anos, sempre que se aproximam os jogos olímpicos, invariavelmente a imprensa pública a história de Jesse Owen e de Hitler. Repetem sempre a mesma e inverídica história: Hitler, o arauto da superioridade racial ariana, teria se negado a cumprimentar o vitorioso velocista norte-americano, por este ser negro. As quatro medalhas de ouro obtidas por Owens eram uma "bofetada" no mito de superioridade alemã, coisa que o Führer não poderia aceitar.
Essa lenda, que perdura já há 60 anos, foi criada por jornalistas esportivos norte-americanos durante os próprios Jogos Olímpicos de 1936, que estavam sendo realizados em Berlim. Vamos então aos fatos. Hitler para não empanar o espetáculo, permitiu que alguns judeus participassem na delegação alemã (como a esgrimista Helena Mayer e o jogador de hóquei Rudi Ball). Não só isso, encarregou um outro judeu, o capitão Wolfgang Fürstner, de organizar a Vila Olímpica. O mundo "liberal" respirou aliviado, autocongratulando-se por sua pressão ter resultado algum efeito. Iniciados os jogos, com a entrada triunfal do Führer no estádio de 110 mil pessoas, ele, entusiasmado, tratou de não perder nenhuma competição importante.
Jesse Owens recebe a medalhe de ouro seguido de um japonês e do alemão Lutz Lange
Quando a primeira medalha de ouro foi conquistada por um atleta alemão, o arremessador Hans Wölke, Hitler foi pessoalmente cumprimentá-lo. Na mesma ocasião congratulou-se com mais três fundistas filandeses e duas atletas alemãs. Foi então que o Presidente do Comitê Olímpico resolveu intervir. Disse a Hitler que ele, na qualidade de convidado de honra, deveria doravante ou cumprimentar todos os atletas vencedores ou não felicitar mais nenhum. Como não podia estar presente a todos os momentos em que os campeões eram agraciados, Hitler optou então por não descer mais da tribuna de honra. Quando Jesse Owens ganhou as medalhas, Hitler já tinha tomado a sua decisão. E, ao contrário de ter-se mostrado indignado, abanou efusivamente para o grande atleta. Nas palavras do próprio Jesse: “Quando eu passei, o Chanceler se ergueu, e acenou com a mão para mim: eu respondi ao aceno...”

Foto pouco divulgada do atleta alemão Lutz Lange e Jesse Owens juntos após competirem
A razão do gesto era muito simples. O Nazismo exaltava acima de tudo, o vigor físico e a estampa, não importando qual fosse a raça. Aquele que revelasse alguma musculatura e virilidade, harmonizada num belo corpo, tinha sua imediata aprovação. Tanto isso é fato que Leni Rienfenstahl, a cineasta do regime, quando depois da guerra resolveu auto-exilar-se na África, fez uma notável bateria de fotos celebrando a plástica dos retintos núbios. A ironia dessa história é de quem de fato discriminava os negros (que na Alemanha nazista eram olhados como atraentes excentricidades) era a delegação norte-americana, que os segregavam durante os próprios jogos olímpicos.

E mesmo quando a guerra eclodiu uns tempo depois, eram os norte-americanos quem não permitiam que os batalhões negros acampassem misturados aos brancos. Joe Louis, o campeão mundial de boxe, convocado para lutar, era obrigado a andar na parte traseira dos ônibus militares. A ironia final veio com o enorme esforço da mídia mundial em provar que os jogos de Berlim foram uma tentativa frustrada de Hitler de mostrar uma suposta superioridade alemã. Mas como lenda é lenda, abaixo segue o quadro geral de medalhas até hoje omitido do público desta que foi uma das 

Olimpíadas mais bem organizadas.
Preparem-se pois para que na próxima Olimpíada, verem de novo a história de Jesse Owens e de como Hitler saiu furioso do estádio!

"No Póximo Capítulo veremos e leremos maiiiiisss...muittooo maiiiiiss Mentiras 
Embustes sujeiras arquitetadas pelos Americanos e Judeus" Não que outras nações não tenhas lá suas sujeiras mais......os Americanos(não generalizando) e Judeus Batem o record" Na próxima se Deus assim permitir e o diabo e seus amigos não interverem Mesmo que venha a interver estaremos aqui divulgando O que há de mais sórdido! em: ANNE FRANK: UMA FRAUDE DE BESTS-ELLER. Até lá.....

Postado por: ByLorenzo                  Fonte:Verdade Oculta
Aproveite e faça uma Análise da Visita de Obama ao Brasil neste video do Rubens




Um comentário:

samuel disse...

Voce, tal qual tua esposa esta pesquisando em livros errados, portanto as ""verdades"" sao adulteradas, cuidado, este senhor castan que felizmente morreu foi cremado e virou m.... em pó, ele se dedicou a semear o ódio ao povo judeu, e como de praxe inventou um monte de mentiras, faz apologia ao nazismo regime mais facinora e ditatorial que surgiu no mundo, que eliminou seus opositores a bala e pregava a supremacia da raca branca ariana, ate hoje estes consideram negros e judeus como inferiores, alem da apologia, estes para redimir do erro destes espalham que nao houve holocausto e que os judeus praticamente nada sofreram, para estes senhor prudente todo mal que acontece no mundo é culpa dos judeus e quando estes fazem algo de bom ou é por que estes plagearam ou é por que nao é tao bom assim..........meu caro amigo voce escreve que os judeus e os americanos fizeram esto e aquilo espero que voce nao esteja contaminado e sim mal direcionado, e por fim saiba que os filhotes do castan, do toedter e de outras pecas raras pregam entre outra coisas expulsoes dos imigrantes e que os negros sao inferiores, entao portanto meu amigo muito cuidado com este povinho nao sao o que parecem.....