Pesquise neste Blog

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A Midia controlada e seus falsos Alardes

Novamente a Midia controlada tenta, divulgar subliminarmente e espalhar notícias que causam pânico na população, É o que noticia esse Jornal de São Paulo, nesta data já havia noticias em outros meios de comunicação, sobre a tal Bactéria Ter alcançado o território de Minas Gerais, Onde o fóco primário da Bactéria teria sido O Distrito Federal (Brasília) Mais conforme a Noticia ai fornecida pelo Jornal "Metro", há uma grande concentração da bactéria, em Brasília e São Paulo. Estive presente em alguns, Hospitais de São Paulo conversei com algumas pessoas da área da Saúde, e pelo que eu entendi
Não há segunda esses profissionais, Motivo para alarde ou Pânico, que a mídia em geral controlada exageram, de forma
Pretenciosa, estão ao meu vê querendo criar uma segunda onda de Pânico, como houve com a gripe H1N1.
Vindo posteriormente se fazer desnecessário tamanho pânico na época, Logo após a Famigerada OMS admitir publicamente Desnecessário tamanho alarde! Chegamos a concluir que a OMS (Organização Mundial de Saúde) Falhou em seu prognóstico Visto que real intenção era beneficiar e favorecer o Cartel dos grandes, Laboratórios.

Leia o que foi noticiado no Jornal "O Estado de São Paulo"
"- O Estado de S.Paulo         -           26 de outubro de 2010  0h 00
SÃO PAULO - Hospitais devem isolar pacientes contaminados pela KPC ou outras bactérias multirresistentes pouco frequentes em instituições de saúde no País.  A recomendação integra nota técnica divulgada na última segunda-feira pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), preparada após reunião na sexta com infectologistas e especialistas em infecção hospitalar.  O documento ressalta a necessidade de evitar qualquer medida que induza a discriminação do paciente, mas orienta o hospital a avaliar a necessidade de reservar tanto material quanto profissionais para tratar exclusivamente pessoas infectadas.  "É preciso avaliar caso a caso. Há bactérias multirresistentes frequentes. Aí o isolamento não é necessário", afirma Ana Cristina Gales, professora de infectologia da Unifesp.
Então fica aqui evidente, mais uma vez a conivência da ANVISA com os meios de comunicação plenamente controlados onde os verdadeiros fatos
São Filtrados. Fica aqui a pergunta porque restringir o uso de Antibióticos, chegando a dificultar os médicos de receitarem aos seus pacientes? Nesses surtos fictícios da ANVISA qual o propósito? Peço a todos que fiquem de alerta máximo.

_____________________________________________________________
Fonte: "Qual Caminho Seguir"     Postado por: By Cappa

Nenhum comentário: